More about Alcides Fonseca
Go Back

Feedback do Debate Parlamentar

Written by Alcides Fonseca at 2007/07/20


Hoje de manhã, após ter ficado de férias, liguei a televisão na rtp2 e, interessado no presente e no futuro do governo da nossa nação, assisti ao debate parlamentar agendo para hoje. Fiquei cada vez mais desiludido com os nossos representantes no parlamento. Saliento duas coisas que me deixaram preocupado. A primeira foi que o Sr. Primeiro Ministro após às intervenções da oposição que lhe levantaram perguntas concretas, conseguiu não responder, e ir para outros campos, chegando a insultar os próprios intervenientes. A segunda foi exactamente estas guerras partidárias que me incomodam. Eles andam a dizer mal uns dos outros e o Senhor Presidente da Mesa não modera o debate! Como não sou de me conformar, optei por fazer o que recomendo que façam sempre que assistirem a uma situação do género, e enviei um email para o Senhor Doutor Jaime Gama, que passo a citar:




Exmo Sr. Dr. Jaime Gama

Venho por este meio expressar a minha indignação pelo que vi acontecer no debate parlamentar desta manhã. Na maior parte das intervenções dos Senhores Deputados foram feitos vários ataques a partidos, e mesmo a outros deputados ali presentes. Saliento especialmente a discussão entre o Senhor Primeiro Ministro José Sócrates e o Presidente do Grupo Parlamentar do PCP Bernardino Soares, relativamente a protestos de militantes do PCP em congressos e reuniões do Partido Socialista. Acredito que estes assuntos interpartidários deverão ser resolvidos, para evitar hostilidades, mas decerto que concorda comigo que um debate parlamentar não é o sitio adequado para o fazer. Debater o futuro do país e apresentar propostas para melhorar a situação do país parece-me ser um melhor aproveitamento do tempo dos Senhores Deputados. Como Presidente da Mesa da Assembleia da República, peço-lhe que em situações do género intervenha e cinja o debate aos temas da ordem do dia ou do interesse público.

Aproveito este email para lhe sugerir outra coisa. Como deverá ter notado, os níveis de abstenção têm vindo a aumentar nos últimos anos, o que revela que o povo português está cada vez menos ligado à política. Como Presidente da Assembleia da República, sugeria que fossem promovidas sessões abertas em que os deputados de cada círculo eleitoral estariam dispostos para ouvir a população nos vários municípios do círculo por onde foram eleitos. Penso que assim se fará uma melhor democracia através da representatividade do eleitorado e se incutirá nas pessoas um maior espírito cívico.

Peço desde já desculpa pelo tempo que lhe ocupei e espero ver estas situações corrigidas.



Atentamente



Alcides Fonseca



A sugestão que apresentei foi no sentido que acredito que os deputados são eleitos para representar a vontade dos eleitores e não as vontades do seu partido. É claro que ao votar, escolhemos aqueles que pertençam ao partido cujas ideias se identifiquem melhor com as nossas, mas mesmo assim ao final de dois anos e meio de governo, a situação mudou-se muito e as propostas da campanha já foram há muito esquecidas (baixa dos impostos, 150 00 empregos, etc…). Espero que ao menos alguém do seu gabinete se dê ao trabalho de ler e lhe falar neste assunto.